domingo, janeiro 23, 2005

Alentejo muito à frente! II

Após a publicação da primeira foto, eis que surge outra foto do género enviada por Tritikal, esta placa encontra-se precisamente em São Matias!

sábado, janeiro 22, 2005

O Natal em Aljustrel veio para ficar!!!

Como já devem ter reparado, os magníficos efeitos de Natal continuam activos, mas sem iluminação, podemos encontrar ainda a vila de Aljustrel com os seus adornos nas ruas e mesmo junto ao edifício da câmara e do posto de turismo o outdoor de Natal.
Sinceramente não percebo, hoje é dia 22 de Janeiro, será que estão a tentar aproveitar tudo o que está montado e utilizam no Carnaval? Deve ser isso!
Será que não há funcionários na câmara suficientes para num dia desmontarem tudo isto?
Ou será que o espírito natalício é extremamente forte e estão a tentar prolongar estes momentos de prazer de ver a nossa vila tão decorada.

sexta-feira, janeiro 21, 2005

Alentejo muito à frente! I

À semelhança de um site já existente intitulado "Portugal no seu melhor!", e para descontrair um pouco, iremos publicar aqui algumas fotos do nosso alentejo! Envie as suas fotos para aljustrel.blog@sapo.pt.
Esta foto foi enviada por um anónimo, indicando que esta obra de arte se encontra algures no litoral alentejano!

sábado, janeiro 15, 2005

Pavilhão Poucos-Usos

Temos um Pavilhão Multiusos em Aljustrel, mas só de nome! Fez um grande furor aquando a sua vinda para a vila mineira, temos um ex-pavilhão da Expo 98 em Aljustrel. Mas, para quê? Será que o estamos a rentabilizar da melhor forma? Parece-me que não!
Aljustrel tem grande sucesso na altura dos Santos Populares, como é do conhecimento de todos, os bailes nessa época fazem sucesso em Aljustrel. De Inverno poderiam ser feitos algumas actividades do género no referido pavilhão, já que tais actividades têm bastante aceitação na nossa vila.
Mas além dos bailes, o pavilhão poderia ser dinamizado com concertos pois temos uma elevada população jovem em Aljustrel que sem dúvida aderiria a qualquer concerto Rock / Pop / ou outra variante musical.
Saliento que existe um evento anual intitulado JazzMin que apoio e esperava que houvessem mais mas de outros géneros, pois não podemos gostar todos do mesmo, ou não temos que gostar todos do que o nosso actual presidente gosta!
Continuo a tentar perceber o porquê do investimento naquele pavilhão! É para funcionar só durante as poucas feiras! Se bem que este ano evoluiu, foi cedido ao SCMA para a passagem de ano!

quarta-feira, janeiro 12, 2005

Cinema em Aljustrel

Como é do conhecimento geral, existe um cinema em Aljustrel e de salientar um óptimo cinema!
Mas, será que este espaço está a ser rentabilizado da melhor forma? Será que está ao alcance de todos em termos de horários?
Ora vejamos, porque razão, não são realizadas sessões de cinema ao sábado, na minha opinião é o dia em que daria oportunidade à maioria das pessoas para frequentar o cinema! Não percebo porque existe apenas à sexta-feira e ao domingo, mas enfim!
Se ao sábado não houvesse cinema devido a diversas actividades, como por exemplo teatro, concertos, etc. ainda se compreendia, mas infelizmente não é o que acontece.
Outra situação que me faz confusão é o facto de existir um bar no cinema mas este estar sempre fechado, será alguma táctica nova? Será que não têm um funcionário para colocar no bar? Sinceramente não percebo! Pois as pessoas saem ao intervalo e tem que se dirigir ao bar mais próximo do cinema.
Em relação aos cartazes mensais a publicitar os filmes a decorrer durante o mês, de facto que foi uma boa ideia e funciona, mas!!! E agora a minha grande dúvida! Porque razão é que deixaram de afixar os cartazes a anunciar o filme da semana na zona do Mercado? O espaço existe e não é utilizado para mais nada, ou para pouco mais que nada! Pois ainda no início desta semana estavam lá afixados os cartazes da Festa do Avante de 2004! Agora claro que esses espaços são ocupados pela campanha politica!
Mas voltando ao assunto dos cartazes de cinema, será que incomodava muito ter ali os cartazes? Ou é apenas um pormenor indiferente? Não percebo a nossa evolução, acho que em algumas coisas regredimos! Tínhamos bar no cinema, deixamos de ter! Tínhamos cartazes expostos semanalmente, deixamos de os ter!

sábado, janeiro 08, 2005

Aljustrel: Jogadores chegam a gastar 500 euros numa noite!

JOGO ILEGAL ARRUÍNA FAMÍLIAS

Algumas famílias residentes na vila de Aljustrel, Baixo Alentejo, estão a viver uma situação dramática devido à prática do jogo ilegal em estabelecimentos comerciais por parte de alguns dos elementos do agregado familiar, sobretudo os homens. É que estes jogadores, segundo a GNR local, “chegam a gastar 500 euros numa só noite nas máquinas de poker e em outras de jogos de fortuna ou azar”, prejudicando desta forma todos os familiares directos, que de um dia para o outro ficam sem dinheiro para comer.

“É um problema social bastante grave que afecta particularmente as famílias de baixos rendimentos. Cada aposta vale 50 cêntimos e os homens, nomeadamente aqueles que têm entre 30 a 50 anos, gastam numa noite o rendimento de um mês. Quando se acaba o dinheiro os filhos ficam sem comer, começam a beber álcool e, por vezes, até batem nas mulheres. Temos conhecimento de algumas crianças que chegam à escola sem tomar o pequeno-almoço porque este tipo de jogo leva todo o dinheiro aos pais”, frisou ao Correio da Manhã o comandante do Destacamento Territorial da GNR de Aljustrel, tenente André Santos.
O acumular das dívidas no seio destas famílias e o aumento das queixas anónimas junto das autoridades, algumas delas em total desespero, levou a GNR, em colaboração com a Inspecção-Geral de Jogos, a montar uma operação de combate ao jogo ilegal, que decorreu ontem em diversos cafés, sociedades e clubes no concelho de Aljustrel.
“Sem máquinas não há vícios e deixam também de existir as comissões entre os proprietários das máquinas de jogo ilegal e dos cafés, bem como os lucros, que nesta actividade fogem ao pagamento dos impostos”, sublinhou o mesmo responsável.
‘PRÉMIO SUJO’
Durante a operação, denominada ‘Prémio Sujo’, foram apreendidas nos 14 estabelecimentos comerciais fiscalizados um total de duas máquinas de jogos vídeo, duas máquinas de poker, 22 máquinas de ovos e berlindes, 1185 euros em dinheiro e vários objectos utilizados como brindes, dos quais se destacam diversas armas brancas (facas e navalhas), uma espingarda de pressão de ar, dois presuntos, máquinas fotográficas e um cabaz de Natal. Segundo o tenente André Santos, duas dezenas de pessoas, entre proprietários e funcionários dos estabelecimentos, foram constituídas arguidas e serão ouvidas durante o dia de hoje pela GNR de Aljustrel.
ALIMENTOS DOADOS
Os alimentos e as armas brancas que na operação de ontem foram apreendidos pela GNR vão ser entregues à Santa Casa da Misericórdia de Aljustrel, garantiu o tenente André Santos. “Os chocolates, os presuntos, o cabaz de Natal e os outros alimentos que serviam de prémio ao jogo ilegal, bem como os canivetes, as facas e as navalhas vão ser entregues e essa instituição. A Santa Casa poderá depois entregar estes produtos às escolas, aos lares ou a outras instituições”, acrescentou. Quanto ao dinheiro apreendido, este militar referiu que o mesmo será depositado num banco e que o tribunal decidirá, posteriormente, o seu destino. “Já tem entregado estas verbas à GNR, mas podem também ser revertidas a favor de campanhas de solidariedade”.
MEIOS
Na operação ‘Prémio Sujo’, estiveram envolvidos um Oficial, cinco Sargentos e 32 Soldados do Destacamento da GNR de Aljustrel, auxiliados por 14 viaturas e por quatro elementos da Inspecção-Geral de Jogos.
LOCAIS
Os militares da GNR fiscalizaram e apreenderam diverso material em estabelecimentos comerciais (cafés, clubes e sociedades) situados nas localidades de Aljustrel, Rio de Moinhos, Montes Velhos e Ervidel.
MATERIAL
Além das máquinas de jogo de fortuna ou azar foram apreendidos diversos brindes como chocolates, jogos infantis, canas de pesca, porta-chaves, máquinas de calcular, agendas, lanternas, relógios, entre outros.
in "Correio da Manha, 06-Jan-2005"