sábado, maio 28, 2005

Onde pára a Polícia?

Segundo consta, conseguimos apurar através de fontes fidedignas que foi desta forma que os visitantes da Feira do Campo foram "enxotados" do recinto enquanto entoavam os cânticos do tema "Somos livres (uma gaivota voava voava)" atrás das grades do recinto!
Às 4 e pouco da manhã chegou um contingente da GNR, armado com bastões para expulsar os foliões que apenas queriam continuar a divertirem-se sem incomodar ninguém.
Mas para quem não sabe, a GNR não está cá para manter a segurança e protecção dos cidadãos, conforme palavras de um GNR, mas sim, para se assegurar que a noite acaba às 4 da manhã, mesmo para quem tenha a exploração dos bares e tenha pago até às 5h.
Onde pára a polícia nos momentos de aflição da população, em tantos casos em que a sua presença tanta falta faria?
Que o diga a população de Coruche por exemplo…
Basta-nos a memória do que tanta gente sofreu para podermos viver em liberdade, e depois disto tudo, termos políticos que apelam a mais forças policiais nas ruas, para quê?
Será para sentirmos a dor de um bastão no pêlo para sermos cidadãos mais civilizados?
Ou para nós também podermos sentir o regresso da PIDE nas nossas ruas?
É pena a primeira noite da Feira ter que terminar assim, será que a GNR não tem mais nada com que se ocupar? Será que os incomoda ver as pessoas a divertirem-se?