quinta-feira, maio 12, 2005

“A PATA” 4 - Ecopontos

Aqui está um óptimo comentário do leitor PUSILÃNIME que aborda um tema que merece grande destaque e que seja debatido por todos nós, uma vez que já surgiram várias vezes neste blog comentários acerca dos resíduos mineiros, lixeiras, ambiente, etc.
“ A PATA” 4
“A PATA” diz-se ecológica. Um dos dedos da “PATA” até é verde. Mas não acreditem na “PATA” porque ela é artificiosa…“A PATA” esconde a porcaria debaixo do tapete.
Olha lá “PATA”, há quanto tempo está em vigor a legislação dos ECOPONTOS? Quantos existem em Aljustrel? Tu que até tens um dedinho verde devias saber, ou não? Tu sabes, “PATA” malandra, mas não dizes a ninguém, tipo pata muda.
Andam os “patinhos” todos de Aljustrel, cheios de boas intenções, a separar os seus resíduos domésticos (lixo), para depois tu, “PATA” manhosa, ires logo a seguir misturar tudo outra vez. Logo tu que te dizes ecologista, defensora dos valores ambientais e que ainda por cima tens um dedo mindinho verde!?
Ó “PATA”, então os outros municípios (que também devem ter as suas “PATAS”, com certeza) pegam no lixinho separado e transportam-no para Beja para ser tratado e reciclado e a dona “PATA” não faz porquê? Porque não tem obrigação, é isso? Porque a legislação não obriga, será? Mas “PATA”, tu que és tão verdinha e que te dizes asseada, precisas de leis para te sentires obrigada a fazer a tua obrigação moral (e ideológica)?! “PATAS”… “PATAS”.
Depois falas de pedagogia, palavra linda e que te enche a boca. Estamos há quantos anos em processo pedagógico? 3, 4 anos? O macaco Gervásio do spot televisivo precisou de apenas 2 horas para aprender a separar o lixo? Os Aljustrelenses precisam de… 4 ANOS? Será que tu, “PATA”, achas que estamos num ramos evolutivo inferior ao nosso “primo” chimpanzé Gervásio?! Será?
Olha “PATA”, se nós estamos num nível inferior ao Gervásio tu estás ligeiramente a cima de um SUS SCROFA… vai lá a Internet ver o que é….
PUSILÃNIME
PS – Gostava que a “PATA” me respondesse para podermos trocar impressões sobre outros aspectos ambienteis giros como: lixeiras, matadouros, resíduos mineiros e coisas do género.